Daniel Nasajon recebeu o prêmio na modalidade Estudante, categoria “Espaços Sociais” com o projeto BIKO, um talher em forma de pinça que pode ser usado para alcançar pequenas porções de alimentos (finger foods) como: catering de eventos, comida asiática, queijos e vinhos, petiscos, churrascos, etc. Segundo os jurados, foi “eleito como o projeto mais inovador da edição 2017, por decisão unânime dos jurados, por ser um objeto de uso cotidiano, democrático, racional e extremamente comercial.” O prof. Cláudio Magalhães, seu orientador, recebeu o Troféu Professor Orientador como reconhecimento por seu trabalho de incentivo e apoio ao aluno.

Isabela Raposo, recebeu menção honrosa por seu projeto VERSA, na categoria “Espaços Íntimos”. O VERSA é um banco com duas peças que podem ser encaixadas de diversas maneiras. Para os juízes “a peça representa a característica nômade da nova geração, com destaque para o múltiplo uso.” O professor orientador deste projeto, Marcelo Massaharu, também foi destacado com o Troféu.

O Prêmio Salão Design é o maior da América Latina e acontece anualmente desde 1988. Com mais de 12 mil projetos inscritos em sua trajetória, é responsável por promover e assegurar espaço para a criatividade e empreendedorismo através da premiação e divulgação de seus vencedores. Seu objetivo é estimular a inovação tecnológica por meio do design e assim, destacar a capacidade e o talento de seus participantes.

Veja todos o resultado completo do Prêmio Salão Design.